:Google afirma que aproximadamente 500 mil desenvolvedores usam Flutter mensalmente, desenvolvendo versões de processos e versionamento de alterações.

Google afirma que aproximadamente 500 mil desenvolvedores usam Flutter mensalmente, desenvolvendo versões de processos e versionamento de alterações. - TV Na Rua CornelioDigital Google afirma que aproximadamente 500 mil desenvolvedores usam Flutter mensalmente, desenvolvendo versões de processos e versionamento de alterações. - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Google afirma que aproximadamente 500 mil desenvolvedores usam Flutter mensalmente, desenvolvendo versões de processos e versionamento de alterações.

A Google revelou que "aproximadamente meio milhão de desenvolvedores" agora usam seu framework UI Flutter a cada mês. E 2 milhões de desenvolvedores tem usado Fluuter desde a versão 1.0, lançada em Dezembro de 2018. Esta é a primeira vez que a companhia compartilhou marcas de usuários para a SDK. E a adoção vem em crescente: Flutter cresceu cerca de 10% no comparativo mês a mês em março. Há também cerca de 50.000 apps desenvolvidos em Flutter no Google Play, dos quais aproximadamente 10.000 foram desenvolvidos no mês passado.

Desenvolvido com o intuito de competir com o frameworks como o React Nativa do Facebook, o Fluuter começou sua vida como uma estrutura de UI (Interface de Usuário) móvel de código aberto, que ajuda os desenvolvedores a construir interfaces nativas para Android e IOS.

Entretanto, desde maio, no entanto, o Flutter permite que os desenvolvedores criem aplicativos de desktop, embarcados, móveis e web apps a partir da mesma base de código. Os desenvolvedores podem usar o Flutter em telefones, wearables, tablets, desktops, laptops, televisões e monitores inteligentes. O Google chama isso de computação ambiente - a ideia de que seus serviços e software estão disponíveis onde você precisar. O Google quer que os desenvolvedores comecem o desenvolvimento de aplicativos, não perguntando "Qual dispositivo estou direcionando?" mas “O que vou construir?” Reutilizar o código deve ajudar as startups limitadas por recursos e permitir que as empresas consolidem as equipes para oferecer uma experiência única.

Fluter em números

É exatamente por isso que os desenvolvedores em todos os tipos de ambientes, desde indivíduos até líderes de equipes em grandes corporações, precisam prestar atenção às atualizações do Flutter. O Google também dividiu a parcela de desenvolvedores do Flutter: 35% trabalham para uma startup, 26% são desenvolvedores corporativos, 19% são autônomos e 7% trabalham para agências de design. A empresa acrescentou que “o uso de Flutter está crescendo rapidamente entre os clientes corporativos em particular” e que as grandes empresas apreciam especificamente a capacidade de construir “experiências de alta marca que suportam múltiplas plataformas”. O Google hoje indicou às empresas o SyncFusion Essential Studio e seus componentes Flutter de alta qualidade, incluindo gráficos, manipulação de PDF e geração de código de barras.

Google also shared more statistics about Flutter developers today:
Google também compartilhou mais estatísticas sobre desenvolvedores Flutter hoje:
  • 60% estão desenvolvendo utilizando Windows, 27% estão usando macOS, e 13% estão usando Linux.
  • 78% dos desenvolvedores Flutter usam a versão estável, 11% beta e 11% of Flutter developers use the stable channel, 11% use beta, and 11% usam dev ou master.
  • Os cinco países que mais desenvolvem em Fluuter são Índia, China, Estados Unidos, União Européi e o Brasil.
  • As estruturas de pacotes mais populares utilizadas em apps Flutter sãohttpshared_preferencesintlmetapath_provider, e pedantic.
  • Os componentes de terceiros mais usados em app´s Flutter são providerrxdartcached_network_imagesqflitefont_awesome_flutter, e flutter_launcher_icons.

Processo de liberação e mudanças de versão

Sobre as próxima versões estáveis do Flutter, o Google está mudando seu modelo de lançamento na esperança de melhorar a estabilidade e previsibilidade. Embora o processo atual tenha servido bem ao Flutter quando executado por uma equipe menor, os desenvolvedores recentemente reclamaram da falta de clareza sobre quando o lançamento seria compilado, que código estava nele e testes ruins para branches, o que causou regressões em versões de correções.

O Google está, portanto, adotando um modelo de ramificação com um período de estabilização para versões beta e estáveis. A equipe agora se ramificará no início do mês para uma versão beta. Aproximadamente uma vez por trimestre, a versão beta atual será promovida a estável. A infraestrutura do Google agora oferece suporte a testes em relação a branches, o que significa que pode validar seleções de correções e solicitações críticas. A empresa espera que isso "forneça mais confiança na qualidade e previsibilidade de nossos lançamentos e uma maneira mais fácil de fornecer hotfixes para o canal estável". O modelo de ramificação também traz pequenas alterações na forma como as versões são controladas, sobre as quais você pode ler no GitHub.

O Google também alinhou os processos e canais de lançamentos do Flutter e Dart. (Os aplicativos Flutter são desenvolvidos com a linguagem de programação Dart do Google.) O Dart agora tem um canal beta e as versões futuras serão sincronizadas (por exemplo, as versões beta do Flutter conterão uma versão beta do Dart). Os desenvolvedores que já fornecem um aplicativo Flutter com base no canal estável devem testá-lo em relação a versões beta candidatas.

O primeiro lançamento do Flutter do Google usando este novo modelo de controle de versão será o próximo lançamento estável. Sendo previsto seu lançamento na próxima semana.

Visualizações 236
Fonte: VentureBeat.com
Por: Redaçao
Data: 25/08/2020 02h10min

Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
[email protected]
[email protected]
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2006 - 2023