:Mr. Catra morre aos 49 anos após luta contra o câncer

Mr. Catra morre aos 49 anos após luta contra o câncer - Cornélio Digital - O Portal de Cornélio Procópio e Região
Mr. Catra morre aos 49 anos após luta contra o câncer

Morreu na tarde deste domingo (9), aos 49 anos, o funkeiro Mr. Catra, após luta contra o câncer de estômago. A informação foi confirmada pela assessoria do cantor. Ele deixa três mulheres e 32 filhos.

"Com enorme pesar comunicamos o falecimento do amigo e cliente Wagner Domingues Costa, o Mr. Catra, que nos deixou na tarde deste domingo, 09, em decorrência de um câncer gástrico. O cantor e compositor estava internado no Hospital do Coração (HCor), em São Paulo, e já vinha lutando contra a doença. A informação foi dada à família pelo cirurgião oncológico, Dr. Ricardo Motta, por volta das 15h20. Catra deixou três esposas e 32 filhos. Neste momento de sofrimento agradecemos o carinho, cuidado e compreensão dos amigos da imprensa e pedimos, gentilmente, para que respeitem o momento de tristeza da família", informou a assessoria do cantor.

Segundo o hospital, Catra morreu por falência múltipla de órgãos ocasionada pelo câncer gástrico. Ainda não existe informação sobre onde o corpo do cantor será velado ou sobre quando acontecerá o enterro.

Mr. Catra nasceu como Wagner Domingues Costa no Rio de Janeiro em 5 de novembro de 1968. Formado em direito, mas sem nunca ter exercido a profissão, ele começou a fazer sucesso nos anos 80 com a banda de rock O Beco. Mas foi no funk proibidão que ele se encontrou a partir dos anos 90.

O seu primeiro disco foi "O Bonde dos Justos", de 1994, que emplacou o hit "Vida na Cadeia". Nos anos 2000, foi indiciado por apologia ao crime por causa da letra de "Cachorro", um dos seus maiores sucessos. Também partiu para a paródia, com músicas como "Adultério", que zoava o sucesso "Tédio" de Biquíni Cavadão.

Mr. Catra, que além do português falava outros quatro idiomas (francês, inglês, hebraico e alemão), revelou no final de 2017 que tinha câncer no estômago.

"Na hora é impactante. O primeiro baque, se você não estiver preparado psicologicamente, é fogo. Reuni todo mundo [da família] e falei: "não se preocupem ". Não pensei em morrer em nenhum momento", disse, alguns meses depois, em entrevista ao "Programa do Porchat". 

O cantor acreditava que tinha ficado doente por causa do que chamava de "maus hábitos da vida": falta de descanso, noites sem dormir e péssima alimentação. Mas, apesar da gravidade da situação, nunca deixou de confiar na cura.

Uma de suas últimas aparições aconteceu no Dia dos Pais, quando postou no Instagram uma foto cercado por seus filhos.


Aqui

Visualizações 84
Fonte: UOL
Por: Redao
Data: 09/09/2018 22h17min


« anterior [1]  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59  60  61  62  63  64  65  66  67  68  69  70  71  72  73  74  75  76  77  78  79  80  81  82  83  84  85  86  87  88  89  90  91  92  93  94  95  96  97  98  99  100  101  102  103  104  105  106  107  108  109  110  111  112  113  114  115  116  117  118  119  120  121  122  123  124  125  126  127  128  129  130  131  132  133  134  135  136  137  138  139  140  141  142  143  144  145  146  147  148  149  150  151  152  153  154  155 próximo »


Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014